Dúvidas sobre Invisalign

Muitas pessoas tem dúvidas sobre Invisalign. E isso é completamente normal, visto que é algo revolucionário e relativamente novo. Tudo que é novo traz consigo as perguntas.

Aqui vou apresentar as perguntas mais comuns (e incomuns) sobre Invisalign. Essas dúvidas chegam até mim pelos pacientes da clínica e por visitantes do site, que entram em contato com a clínica via WhatsApp. Se tem uma dúvida, manda pra cá! Terei o prazer em responder e colocar aqui na lista.

Algumas questões, infelizmente, só podem ser respondidas em consulta, de acordo com regras do CRO.

Invisalign é um aparelho ortodôntico, utilizado para corrigir a posição dos dentes.

Embora tenha a mesma função de movimentar os dentes como o aparelho fixo convencional, não chamamos ele de aparelho, mas sim de ALINHADORES.

Essa sequência de alinhadores movimentam os dentes pouco a pouco até chegar na posição ideal.

Veja a pergunta Como funciona o Invisalign? para entender melhor.

Posso ser um pouco suspeito para responder essa questão, já que sou Invisalign Doctor. Mas a resposta é:

SIM, Invisalign FUNCIONA.

E quem diz isso não sou eu, Renato Paulos. São os mais de 5 Milhões de pacientes tratados com Invisalign no mundo todo.

Quando o Invisalign nasceu, cerca de 20 anos atrás, somente casos simples eram a indicação de uso.

Com um forte investimento em pesquisas, a Align Technology Inc., empresa estadunidense, com ações abertas nas bolsas inglesa e americana, conseguiu nesse tempo evoluir seu produto para que fosse possível o uso para tratar praticamente todos os problemas de posicionamento dental.

Então, praticamente TODOS OS CASOS podem ser tratados com Invisalign.

Muitas!

O Invisalign é removível.
Assim, você tem a conveniência de poder ir para um jantar ou uma reunião sem os alinhadores e sem prejudicar seu tratamento.

O Invisalign é praticamente invisível.
Mesmo com os alinhadores em uso, poucas pessoas notarão que você está tratando. Ideal para profissionais que trabalham com a imagem, como modelos, cantores, atores… Ou também aqueles que no uso do aparelho fixo se incomodam ou acreditam “perder credibilidade” pois é “coisa de jovem”. Médicos, advogados, juízes e outros profissionais tem no Invisalign a alternativa para realizar o tratamento mais confortavelmente.

Não! O Invisalign não utiliza bandas ou fios ortodônticos. 

Com ele não tem perigo de quebrar um bracket do aparelho e o fio ficar espetando.

A tecnologia é gigantesca por trás da confecção e funcionamento do Invisalign.

Para produzir a sequência de alinhadores Invisalign precisamos primeiramente de uma “cópia digital” da sua arcada, seja ela através de moldagem de precisão ou via escaneamento, além de radiografias e fotografias.

Essa documentação, com o modelo virtual da sua boca, é enviada para os EUA, onde é criado um Modelo 3D e enviado novamente aqui para a clínica.

É nesse modelo 3D que são feitas todas as movimentações desejáveis até o final do seu tratamento. Esse é o Planejamento. Só após isso é iniciada a confecção da sequência de alinhadores.

Basicamente os alinhadores Invisalign possuem pequenas variações entre um estágio e outro, que faz com que os dentes se movimentem. 
Praticamente como a criação de um desenho animado em um bloco de papel, onde vamos alterando a posição do desenho a cada folha para criar a movimentação.

Essa é a pergunta mais presente entre todos que chegam até mim. A resposta é:

DEPENDE!

O valor do Invisalign varia de acordo com a indicação, grau de dificuldade do tratamento e da categoria que será utilizada.

Por isso essa é uma pergunta que não pode ser respondida sem uma avaliação em consultório.

Agende uma Avaliação agora mesmo e acabe com essa dúvida.

(também não podemos divulgar, em meios de mídia eletrônica ou impressa, os valores, pois isso fere as normas do código de ética, estabelecido pelo CRO)

Sim! Existem.

São PARECIDOS… beeeeeem de longe hehehe.

O Invisalign é o tipo de aparelho mais copiado na atualidade. Tem cópias chinesas e até mesmo brasileiras.

Só que essas cópias não oferecem o conforto e a segurança de tratamento que o Invisalign oferece.

Para exemplificar: Com Invisalign você pode ir até o final de um tratamento de 2 anos sem precisar moldar/escanear as arcadas novamente. Nas cópias, você tem que moldar a cada 2-4 meses para fazer novos alinhadores. Na maioria dos casos, essas cópias não aceitam escaneamento oral.

Podemos começar pelo investimento em pesquisa que a Align americana investe anualmente. Só em 2017 foram investidos mais de $25.000.000,00 (Vinte e Cinco Milhões de Dólares). Por aí temos a certeza de ter um material de qualidade e que funciona como esperado.

Partimos para a tecnologia de planejamento, através do ClinCheck, onde todo o planejamento da movimentação é realizado em um computador, do começo ao fim do tratamento, sem a necessidade de repetição de moldagens ou escaneamentos no decorrer do uso.

Podemos falar também da produção dos aparelhos, totalmente digital, sem nenhum contato manual até que os pacotes individuais sejam abertos para uso dos aparelhos. Além disso, por ser um processo totalmente informatizado, a chance de falha na produção é mínima, o que garante que o planejamento que eu fiz anteriormente será passado corretamente para sua boca.

Entre outras questões de qualidade, o suporte de garantia de 5 anos para solicitação de novos alinhadores. Caso seu tratamento precise novos alinhadores (raramente), podemos solicitar sem custo adicional. É a garantia que seu tratamento não terá surpresas, nem mesmo financeiras.

Começando pelo valor, as cópias costumam ser muito mais “baratas” que o Invisalign…

Digo baratas entre aspas, pois se colocar na ponta do lápis o TEMPO DE TRATAMENTO x MANUTENÇÕES x CUSTO DO APARELHO você acaba pagando muito mais pelas cópias.

O acabamento do aparelho também difere, pois o Invisalign deixa sua gengiva livre, mantendo assim a saúde. Já as cópias, por vezes, recobrem parte da gengiva e o acabamento apresenta irregularidades e rebarbas.

Outro ponto importante é a Identificação à Laser no aparelho.

No Invisalign você encontra gravado à laser:

Logo do Invisalign
Número do Caso
Número do Estágio

Existem 4 tipos de Invisalign, cada um com sua indicação e característica.

Invisalign Full: Pacientes adultos com necessidade de movimentação moderada ou grande. Número de alinhadores variável.

Invisalign Teen: Pacientes jovens, com dentes decíduos (de leite), ou dentição mista. Número de alinhadores variável.

Invisalign Lite: Pacientes adultos, com necessidade de pequenas movimentações e protocolos específicos, apenas 14 pares de alinhadores.

Invisalign i7: Como o Lite, porém com o limite de 7 pares de alinhadores, além de outras limitações de protocolos.

Cada caso é um caso.

Bem clichê, mas é assim. 

Para saber qual o melhor Invisalign para você, agende uma avaliação e vamos estudar seu caso.

Em resumo:

Invisalign Full: Pacientes adultos com necessidade de movimentação moderada ou grande. Número de alinhadores variável.

Invisalign Teen: Pacientes jovens, com dentes decíduos (de leite), ou dentição mista. Número de alinhadores variável.

Invisalign Lite: Pacientes adultos, com necessidade de pequenas movimentações e protocolos específicos, apenas 14 pares de alinhadores.

Invisalign i7: Como o Lite, porém com o limite de 7 pares de alinhadores, além de outras limitações de protocolos.

O material SrmartTrack®, utilizado na confecção do Invisalign® é hipoalergênico.

Raramente são observadas reações alérgicas ao material.

Esta seção do site é atualizada na medida que novas dúvidas ou informações sobre tratamentos com Invisalign forem surgindo. Por isso, visite sempre para se atualizar.

Compartilhar